InícioNotícias para o MEIComo conseguir empréstimo para MEI? Pelo Banco do Brasil e pelo Bradesco

Como conseguir empréstimo para MEI? Pelo Banco do Brasil e pelo Bradesco

Por Total MEI

Web Stories

Com o surgimento e evolução dos microempreendedores individuais, surge também a necessidade de como conseguir empréstimo para MEI.

Afinal, contar com uma rede de crédito adequada é indispensável para quem deseja evoluir dentro do mercado.

O que não faltam, felizmente, são bancos e instituições financeiras dispostas a estender a mão para o MEI.

Assim, quando há um planejamento correto, as oportunidades de crescimento se tornam muito mais claras.

Desde que o objetivo seja realmente investir dentro do negócio, e que tudo esteja sendo levado dentro da regularidade, há grandes chances do MEI conseguir um empréstimo.

- Continua Depois da Publicidade -

Isso porque, cada vez mais, surgem linhas voltadas para esses setor, que também já são atendidos por outras opções.

Se você quer mesmo compreender como conseguir empréstimo para MEI, basta continuar a leitura com a gente.

Microcrédito: já sabe como pedir?

Para quem está pensando em como conseguir empréstimo para MEI, o microcrédito acaba surgindo como uma opção e tanto.

Afinal, ele é voltado exatamente para esse público similar, que são também pessoas físicas ou jurídicas microempreendedoras.

O microcrédito possui a vantagem de ter uma aprovação muito mais fácil e rápida de ser feita, e também taxas menores de juros.

É realmente uma forma de dar apoio a empresas menores, que não encontram tantas facilidades quanto outros modelos maiores.

Como é possível entender, trata-se de um empréstimo que envolve valores menores, chegando ao teto de cerca de 20 mil reais.

Mesmo assim, é uma oportunidade única para quem quer começar ou investir em um negócio.

- Continua Depois da Publicidade -

É o próprio Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) quem dita as regras do microcrédito.

No entanto, os bancos e instituições financeiras em si, são quem fazem a oferta desse formato.

Nesse caso, é preciso observar o perfil ao qual ele se destina, para que seja possível entender como conseguir empréstimo para MEI.

Embora ele atenda as microempresas individuais, elas também são voltadas para outros públicos.

Isso porque é possível ter um faturamento de até 360 mil reais por ano, e mesmo assim ainda será possível se encaixar nas regras do microcrédito.

Uma MEI só pode ter um faturamento anual de até 81 mil reais, sendo assim trata-se também de micro e pequenas empresas.

Além do mais, é importante levar em conta que o objetivo para qual o microcrédito é voltado é para o negócio em si.

Então, embora uma pessoa física também possa buscar essa alternativa, seu objetivo deve ser o de investir em uma empresa, ou seja criar uma.

- Continua Depois da Publicidade -

Para conseguir essa alternativa de crédito, basta buscar um banco ou instituição financeira que conte com esse formato.

Qual banco libera empréstimo para MEI?

como conseguir empréstimo para MEI
Créditos:fdr.com.br

O empréstimo para MEI ocupa realmente um lugar de destaque dentro do desenvolvimento do microempreendedor individual.

Isso porque acaba sendo uma linha de crédito muito mais pensada para esse setor, com condições especiais de pagamento.

Afinal, quando se fala em MEI, é preciso entender que os faturamentos são bastante variados, chegando ao máximo de 81 mil reais por ano, é claro.

Além do mais, os motivos que levam esse microempreendedor individual a recorrer a um empréstimo, são muito variados.

Nos momentos de sufoco, seja para pagar uma conta pequena, que não está fechando no mês, ou para arcar com dívidas maiores, ter um crédito adequado faz toda a diferença.

E, mesmo em situações favoráveis, quando há a possibilidade de crescer, evoluir dentro do mercado, um empréstimo também é muito bem vindo.

Pois é através dele que é possível levantar todo o capital necessário para novos investimentos, comprar novos materiais, etc.

E, vendo essas situações variadas, somadas ao grande número de MEIs existentes, os bancos sempre buscam oferecer facilidades de como conseguir empréstimo para MEI.

As condições que cada um busca oferecer para os clientes também são muito diversificadas.

Mas, assim, é possível atender todos os perfis empresariais dentro desse formato, com os mais diversos faturamentos e objetivos.

Vale muito a pena observar as condições de cada um deles, antes de efetivamente assinar algum papel.

No entanto, felizmente o que não faltam são alternativas para serem avaliadas de como conseguir empréstimo para MEI, sejam bancos públicos, como a Caixa, ou privados, como o Santander.

Para se aprofundar melhor nesse assunto, e ver melhor quais bancos liberam o empréstimo para MEI, e como é o funcionamento, basta conferir o artigo “Empréstimo para MEI: Opções e simulação online pela Caixa, Santander BNDES”.

Como pegar empréstimo do governo para MEI?

Apesar dos bancos serem importantes agentes no oferecimento de empréstimos, seja para MEI ou outro tipo de pessoa, eles não são os únicos.

Há sim muitas outras formas de se obter empréstimos, devendo sempre buscar um modo legal, é claro.

Mas, um que também possui um grande destaque, é o próprio governo. Você sabia que é possível pedir um empréstimo para o governo?

Sim, essa é uma possibilidade real, e também uma boa alternativa de como conseguir empréstimo para MEI.

Nesse caso, tudo ocorre por meio do chamado BNDES, que é o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Esse banco é o grande intermediador entre o governo e quem deseja pedir um empréstimo, como um MEI.

Vale lembrar ainda que o BNDES atua ainda com os chamados agentes operadores, que são quem realmente o cliente deve procurar para solicitar o crédito.

Normalmente, cada estado possui seus agentes operadores. Em São Paulo, por exemplo, o Banco do Povo é o responsável por isso.

No site “bndes.gov.br” é possível observar os agentes operadores de cada estado.

Para os microempreendedores individuais, há o chamado “Microcrédito Empreendedor”.

Esse microcrédito, apesar do nome, oferece boas condições ao MEI, com um limite máximo de 20 mil reais, o que é bastante alto.

Além do mais, a finalidade que o cliente vai utilizar esse dinheiro, pode ser muito variada. O que é um ponto muito positivo.

Ele pode ser usado para reformas, compras de novos equipamentos, para o próprio capital de giro, etc.

São, no máximo, 4% de juros ao mês, já incluindo aí todos os encargos. E o agente operador também recebe uma pequena taxa pela execução do empréstimo.

Como conseguir empréstimo para MEI com 6 meses?

Como já foi possível observar, há sim muitas maneiras de como conseguir empréstimo para MEI.

E elas são formas significativas de se manter no negócio e também de crescer dentro do mercado.

Um ponto que deve ser levado em consideração, porém, é que nem todo MEI consegue realmente efetivar sua linha de crédito.

Isso porque, é preciso que sejam levados alguns critérios em consideração, para manter a segurança nas transações.

Um quesito muito importante, e que é sempre cobrado pelos bancos e instituições, é em relação ao período de atividade real da MEI.

É preciso que o microempreendimento individual já tenha uma funcionalidade comprovada, para que ele seja possível arcar realmente com o empréstimo.

Normalmente, os bancos costumam exigir um período de atividade de três meses, podendo ir até mesmo a um ano completo.

O Sebrae, por exemplo, que também atua com linhas de crédito para MEI, exige que a empresa tenha pelo menos 12 meses exercendo suas funções.

Nesse caso, um MEI com 6 meses ainda não seria elegível para a instituição.

No entanto, são muitos os bancos e instituições financeiras disponíveis no mercado, e esse período varia bastante.

O Banco do Povo, por exemplo, exige apenas 90 dias de pleno exercício, ou seja, três meses de atividade.

Assim, um microempreendedor individual com 6 meses já tem como conseguir empréstimo para MEI.

O mais importante é buscar um banco adequado, e verificar as condições que cada um oferece.

Dessa forma, todas as necessidades do MEI podem ser atendidas de forma mais eficiente.

Quais são as vantagens do empréstimo MEI?

O microempreendedor individual, que é um formato empresarial muito comum no Brasil, por si só, já é bastante vantajoso.

Afinal, é um modo de legalizar a atividade de milhões de brasileiros, que até então não tinham benefícios extras ligados ao seu trabalho.

Então, com o MEI veio a formalização, e com isso os benefícios que ela proporciona.

A contribuição que o microempreendedor individual passa a fazer para o INSS, por exemplo, lhe garante uma aposentadoria digna.

Na verdade, o próprio empréstimo, e a abertura de linhas de crédito, é uma vantagem que o MEI proporciona.

É, então, um ciclo de benefícios, onde quem mais ganha é o próprio microempresário individual.

Por isso, é também importante entender como conseguir empréstimo para MEI, a fim de compreender sua finalidade.

De uma forma geral, esses créditos servem para que o cliente possa evoluir como empresa.

E não importa a situação na qual se encontre, ter uma possibilidade de crédito é um fator fundamental nessa evolução.

Quando surgir uma dificuldade, por exemplo, ele servirá para cobrir uma dívida, aliviar o orçamento, pagar algum fornecimento, etc.

Mas, mesmo nos melhores momentos, eles também acabam tendo muita importância, já que são uma porta para crescer ainda mais.

O valor do empréstimo pode ser aplicado em novos equipamentos, estruturação, reformas, etc. ajudando o microempreendedor individual a melhorar.

Sem falar, é claro, que as próprias condições que o MEI encontra são bem mais favoráveis.

Uma pessoa física, que deseja realizar um empréstimo pessoal possui mais taxas e até mesmo formas de pagamentos menos favoráveis, na maioria das vezes.

Para o MEI, já observando como é o funcionamento desse formato, já conta com juros menores, e também modos facilitados para quitar essa dívida aberta com a instituição.

Como funciona o empréstimo MEI?

Além do entendimento de como conseguir empréstimo para MEI, também é indispensável a compreensão do seu funcionamento em geral.

O primeiro passo é que o MEI, são realmente microempresas individuais, por isso, podem contar com apenas um colaborador, no máximo.

Além do mais, não podem ultrapassar o teto de 81 mil reais de faturamento por ano. Mais que isso, já é preciso migrar para outra categoria.

Essa formalização é realmente muito simples, e depois disso o MEI passa a ter algumas obrigações básicas.

As principais são o pagamento da DAS, que é a Declaração de Arrecadação Simplificada, com valor em torno de 60 reais por mês.

Bem como também a emissão da Declaração Anual MEI, onde é declarado todo o faturamento anual da empresa.

Estando em dias com essas obrigações, e com um período de exercício da atividade já variando entre três meses e um ano, dependendo da instituição, já é possível solicitar um empréstimo.

Basta apenas procurar um banco ou instituição que ofereça esse tipo de empréstimo.

Nesse caso também é necessário mostrar o porquê do empréstimo, bem como mostrar que é capaz de arcar com o financiamento.

O objetivo pelo qual ele é feito é realmente muito variado, indo desde o capital de giro, como reformas, compra de equipamentos, pagamentos do fornecedor, etc.

Claro, desde que realmente tenha o objetivo de ser utilizado dentro da microempresa, ajudando nessa evolução, nesse crescimento.

Por último, basta apenas observar as ofertas dos bancos e instituições, ver qual melhor se encaixa no perfil do negócio, e qual possui as melhores e mais adequadas condições.

Conclusão

A compreensão de como conseguir empréstimo para MEI não é algo tão simples de ser feito, o que é um ponto bem positivo.

No entanto, é importante levar em consideração as próprias variações que ele oferece.

Isso porque muitas instituições financeiras atuam nessa área, oferecendo linhas de crédito para o MEI.

É necessário então, observar essa pluralidade, e buscar uma que realmente se encaixe dentro do perfil da microempresa.

É preciso também avaliar o próprio negócio, e verificar a real necessidade do investimento, bem como a possibilidade de arcar com o financiamento.

Tudo deve ser muito bem calculado e empregado em seus devidos lugares. Assim, será possível prosperar de forma mais eficiente.

Tendo isso em mente, e buscando realmente algo voltado para o seu perfil, a possibilidade de conseguir crescer é bem maior.

Basta apenas levar tudo de uma forma controlada, buscando focar realmente onde mais há necessidade.

Leia também: CNPJ MEI: Onde e como consultar o comprovante pelo número do CNPJ

- Continua Depois da Publicidade -

Deixe um Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Leia Também

6 obrigações que todo MEI deve cumprir

0
Ser um empreendedor individual (MEI) é uma ótima oportunidade para quem deseja iniciar seu próprio negócio.  No entanto, como toda forma de empreendimento, existem algumas...

Finanças para MEI: 6 dicas para organizar o setor

0
Quem é MEI sabe dos desafios que enfrenta diariamente, principalmente com questões financeiras.  Em meio a tanta importância, esse empreendedor precisa estar sempre atento, controlando...