InícioNotícias para o MEIMEI Caminhoneiro: entenda tudo sobre o que se sabe sobre a categoria

MEI Caminhoneiro: entenda tudo sobre o que se sabe sobre a categoria

Por Total MEI

Web Stories

O MEI Caminhoneiro vinha sendo  debatido desde o ano de 2021 pelo Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN), que aprovou durante a última semana a sua criação. No entanto,  apesar de se tratar de um microempreendedor individual , vai contar com algumas regras um tanto diferentes da maior parte das outras categorias, principalmente  em relação ao valor de faturamento.  

A abertura deve ser feita de forma simplificada pelo site www.gov.br/empresas-e-negocios/pt-br/empreendedor e é  necessário que o cidadão conte com a sua conta Gov  que usa o CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha. 

Diferente da categoria tradicional que pode saturar o valor de R$ 81 mil por ano, os trabalhadores deste porte poderão ter o faturamento de até R$ 251,6 mil por ano, o equivalente a ao menos R $21 mil por mês. Sem contar que ele poderá  contratar até um colaborador com área de trabalho assinada com o valor de até um salário mínimo. 

O MEI caminheiro estava sendo uma exigência feita pelo setor durante o ano de 2021, que queria poder abrir uma empresa de forma mais simplificada ao mesmo tempo em que não se precisaria gastar tanto com um centro de contabilidade. 

O valor que deve ser pago de importação pela categoria é consideravelmente baixo, sendo de apenas R$ 66,6 por mês – independente do faturamento. O que não acontece com outras empresas como o porte MEn que devem pagar ao menos 6% de valor de faturamento sobre cada mês e muitas vezes chegam a pagar mais de R$ 2 mil para faturar o mesmo que o MEI caminhoneiro. 

- Continua Depois da Publicidade -

Para esse ano de 2022, como forma de auxiliar o setor, Jair Bolsonaro chegou até mesmo a prometer que havia a criação de um voucher de diesel que contaria como valor de R$ 300 para ajudar a categoria a pagar o valor do diesel que seria gasto durante os transportes nas estradas. 

Foi aprovado o MEI caminhoneiro?

O Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) aprovou hoje (23/2) a Resolução CGSN n° 165 aprovou durante o dia 31 de dezembro do ano de 2021, que a partir do ano de 202, haveria a criação de regularização do MEI caminhoneiro com o pagamento  de tributos mais simplificados através do portal do PGMEI mediante apenas um boleto mensal. A categoria ainda pode faturar o valor de quase R$ 250 mil, sendo mais do que o triplo que é permitido pela categoria tradicional de quem atua como microempreendedor individual. 

- Continua Depois da Publicidade -
- Publicidade -

Leia Também

MEI Rural: quais as regras e como funciona

0
O MEI Rural é um programa do Governo Federal que visa formalizar e estimular o empreendedorismo rural.  Para isso, oferece condições especiais para quem quer...

MEI: 5 vantagens que você precisa conhecer

0
Ser MEI pode trazer uma série de vantagens para você e o seu negócio e é uma ótima alternativa para quem quer ter um...